Olá a todos os amigos da Astronomia no Brasil e no Mundo. Nosso sócio Romualdo Arthur esteve sábado, dia 02/01/2021 na Usina Ciência, de manhã, e, às 10:10 registrou algumas fotos do Sol. Neste dia e horário, a Terra se encontrava no seu ponto de máxima aproximação do nosso Astro-Rei. Esse fenômeno se chama Periélio e a Terra estava a cerca de 0.98325 unidades astronômicas (u.a) do Sol. 1 u.a corresponde à distância média Terra-Sol (150 milhões de quilômetros). Nosso sócio utilizou um telescópio celestron de 102mm de abertura,  f/6.5 montagem altazimutal goto com filtro solar Thousand Oaks que bloqueia 99,9% dos raios solares e permitem uma observação segura. Associada a esse equipamento, uma máquina Canon Ti1 modificada conectada ao tubo óptico no lugar da ocular. A Canon estava ajustada para Manual,  ISO 1600 com fotos de 1/4000s o que permitiu registrar imagens do disco solar que, na ocasião, estava sem manchas visíveis (ver imagem abaixo).

A finalidade dessa foto é para comparar com outra a ser realizada 6 meses depois, no Afélio, quando a Terra estará a 1.01672 u.a do Sol no dia 05/07/2021. Vamos utilizar o telescópio acima descrito e máquina Canon com as mesmas configurações para comprovar uma pequena diminuição do disco solar nessa segunda imagem em relação ao registro de Janeiro 2021. Demonstrando com isso que a órbita da Terra é quase circular, entretanto por ser quase (tem uma pequena excentricidade), não é um círculo perfeito e, sim, uma elipse.

Sol: Periélio 02/01/2021

Um bom 2021 para todos.

Nota: Em observações ou registros do Sol, jamais olhe diretamente para ele, seja a olho nu ou através de telescópios sem a devida proteção, pois isso poderá acarretar em cegueira permanente!!! Nunca use também, artefatos tais como: Chapas de raio-x, vidros ou óculos escuros e outros aparatos que não sejam instrumentos astronômicos solares apropriados, porque tais objetos deixam passar radiação e luz suficiente para levar à cegueira parcial ou total. Em casos de fenômenos astronômicos que envolvam o Sol, procure informações nos clubes de Astronomia espalhados pelo País, para sua segurança ocular ou assista ao evento pela internet.

Leave A Comment